This is a call to action! It's awesome stuff! CLIQUE AQUI

titulo

Resultados da Busca

conteudo
Não foi encontrado nenhum resultado.
Ocorreu um erro ao buscar. Tente novamente mais tarde.

Entendendo os indicadores de desempenho

Conheça os principais indicadores para sua organização, suas funções, benefícios e a metodologia por trás de seu desenvolvimento.

Indicadores de desempenho são métricas que auxiliam a gestão empresarial, apoiam as tomadas de decisão e podem ser muito importantes para sinalizar quando alguma coisa está errada. KPI ou Key Performance Indicator são amplamente utilizados pelas grandes empresas para medir a performance e efetividade de suas equipes, processos, produtos e esforços no mundo empresarial.

A avaliação de desempenho pode ser quantitativa e qualitativa, dependendo exclusivamente da tendência do gerente ou gestor e dos indicadores de performance escolhidos. É necessário clareza e objetividade na definição de tais índices pois as informações corretas devem ser colhidas – da mesma forma, um excesso de indicadores apenas atrapalha o responsável.

Alguns tipos de KPI

  • Indicadores de produtividade;
    • Os índices de produtividade são relacionados à produtividade/hora, ou seja, quanto um trabalhador ou uma máquina consegue produzir por hora. É diretamente relacionado ao de qualidade pois manter um equilíbrio entre os dois é fundamental para o sucesso de qualquer negócio.
  • Indicadores estratégicos;
    • Estes indicadores são responsáveis por guiar a empresa para o futuro. Com eles é possível realizar comparações entre o momento atual e o que deveria estar acontecendo na empresa bem como comparar resultados anteriores com os atuais.
  • Indicadores de qualidade.
    • Indicadores de qualidade são utilizados para identificar desvios ou problemas no processo produtivo ou no produto final. Pode-se utilizar número de devoluções dividido pelo número de entregas ou até mesmo o número de reclamações relacionado ao número de elogios que o produto recebeu.

Principais indicadores de desempenho

  • Indicador de lucratividade;
    • Este indicador relaciona o faturamento com o lucro, ou seja, qual o percentual do faturamento que foi transformado em lucro. É uma métrica muito importante pois mede o desempenho mensal (ou anual) da empresa, pois de nada adianta possuir um faturamento alto enorme se o mesmo não for transformado em lucro.
  • Indicador de rentabilidade;
    • O indicador de rentabilidade cruza os dados de lucro com investimento. Calcula, considerando quanto foi investido na empresa, qual a rentabilidade mensal (ou qualquer outro período) dos investidores.
  • Valor do ticket médio;
    • É um dos indicadores mais utilizados tanto por empresas da área de produtos quanto de serviços. Exemplificando, somando o faturamento de seis meses, dividindo pelo mesmo período e logo após pelo número de clientes, você terá uma média do gasto por cliente, assim sendo possível identificar que estratégias tomar para cada tipo. Este também pode ser calculado por vendedor (podendo-se calcular a performance individual ou por equipe) ou por venda.
  • Indicador de turnover;
    • O índice de turnover calcula a rotatividade de funcionários dentro da empresa, ou seja, o tempo médio em que os empregados permanecem. Este é um importante indicador de desempenho interno da empresa, pois muitas vezes um alto turnover mostra algum problema interno, seja de valorização profissional ou mesmo clima organizacional.
  • Indicadores de desempenho de competitividade.
    • O desempenho de competitividade realiza uma comparação entre o desempenho da empresa em questão com seus concorrentes, visualizando assim quem está melhor colocado no mercado e possivelmente quais estratégias devem ser tomadas para uma melhor aproximação com os clientes. Pode ser calculado utilizando o volume de vendas da empresa em conjunto com o volume de vendas do mercado.

A metodologia por trás da construção de um indicador

Hoje em dia a metodologia mais utilizada é a SMART (specific, measurable, achievable, relevant e time based), que significa específico, mensurável, alcançável, relevante e temporal. Específico porque uma vez definida a meta do indicador de desempenho, esta não deve ser modificada, permitindo comparações entre períodos de forma adequada. O ponto mensurável se dá pela necessidade de que seja possível calcular a métrica de maneira exata. Todas as métricas são compostas por metas, portanto ser atingível é imprescindível, bem como ter um propósito (R de SMART, ou relevante). Por último, mas não menos importante, a métrica deverá ser temporal, possuir um prazo para uma meta ser atingida ou a performance observada.

A utilização de indicadores de desempenho é crucial por parte da gestão de qualquer empresa, seja ela pequena, média ou até mesmo uma multinacional. Utilizar destes recursos para medir a performance das mais diversas áreas da empresa, corrigir erros e alavancar pontos positivos é a melhor forma de acelerar o crescimento e expansão de sua empresa.